Próximo webinar

Junte-se a nós para um Webinar GRATUITO em Processamento automatizado de arquivos EDI de saúde com Astera

27 de junho de 2024 – 11h PT/1h CT/2h ET

Blogs

Home / Blogs / Padrões EDI: um guia abrangente

Tabela de conteúdo
O Automatizado, Nenhum código Pilha de dados

Saiba como Astera O Data Stack pode simplificar e agilizar o gerenciamento de dados da sua empresa.

Padrões EDI: um guia abrangente

Mariam Anwar

Comercializador de produtos

Agosto 28th, 2023

Indústrias em todo o mundo estão reconhecendo cada vez mais o papel fundamental da Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) padrões na simplificação de operações e permitindo uma comunicação perfeita. Do varejo e da saúde à manufatura e logística, empresas de diversos setores estão adotando o EDI como a linguagem universal de troca de dados. De fato, o mercado global de software EDI está projetado para atingir um valor substancial de US$ 4.52 bilhões até 2030. 

As empresas que operam em diferentes regiões têm requisitos e protocolos exclusivos. A capacidade de se adaptar a essas variações é essencial para organizações que buscam colaborações internacionais bem-sucedidas e processos internos eficientes. Independentemente do setor ou localização geográfica, a adoção de padrões EDI dá às empresas o poder de otimizar suas operações, fortalecer a colaboração e revelar novas oportunidades de crescimento na era digital. 

O que são padrões EDI? 

EDI é o Cartão troca de dados comerciais estruturados entre parceiros comerciais. Os padrões EDI definem os formatos, estruturas e regras que permitem o intercâmbio contínuo de dados. Ao aderir a esses padrões, as organizações podem garantir uma transmissão de dados consistente e precisa, independentemente dos sistemas ou software utilizados. 

Os padrões EDI fornecem uma linguagem comum para troca de dados e estabelecem uma estrutura para formatação de dados, estrutura de mensagens e conteúdo. EDIFACT (Electronic Data Interchange for Administration, Commerce, and Transport) e ANSI X12 (American National Standards Institute X12) são dois padrões EDI comumente usados. O primeiro é amplamente utilizado em toda a Europa, enquanto o ANSI X12 é predominante na América do Norte. 

EDIFACT é um padrão que permite às empresas trocar documentos eletrônicos entre si. O padrão EDIFACT foi desenvolvido pela Comissão Econômica das Nações Unidas para a Europa (UNECE) em 1987. Foi criado para fornecer um formato universal para intercâmbio eletrônico de dados (EDI) entre diferentes empresas e indústrias, independentemente de sua localização ou dos sistemas de computador que utilizam. . 

ANSI X12 foi criado em 1979 pela subsidiária ANSI Accredited Standards Committee (ASC). Este padrão descreve a estrutura e o conteúdo dos documentos de intercâmbio eletrônico de dados (EDI) que as empresas usam para trocar informações sobre transações. O ANSI X12 é flexível e oferece suporte a uma variedade de documentos, incluindo ordens de compra, faturas e avisos de remessa, facilitando a comunicação e a colaboração contínuas entre diferentes organizações, garantindo a segurança e a integridade das informações comerciais confidenciais. 

Quatro Princípios Chave dos Padrões EDI 

O EDI conta com vários componentes para facilitar a troca de dados eficiente e padronizada entre parceiros comerciais. Os seguintes componentes-chave são parte integrante dos padrões EDI: 

  1. Sintaxe: A sintaxe abrange as regras e convenções que regem a estrutura e a formatação dos dados EDI. Ele estabelece uma linguagem padronizada para representar informações. Por exemplo, sintaxes amplamente utilizadas como EDIFACT e ANSI X12 definem diretrizes específicas para organizar segmentos, elementos de dados e estruturas de controle dentro de uma mensagem EDI.  
  2. Códigos: Os códigos são valores padronizados usados ​​em EDI para representar informações específicas. Eles fornecem uma linguagem comum para identificar e descrever vários atributos. Por exemplo, o UN/EDIFACT Product Code (UNPC) atribui valores exclusivos a diferentes produtos, permitindo que os parceiros comerciais identifiquem e façam referência a itens nas mensagens EDI de forma consistente. 
  3. Projetos de mensagem: Os designs de mensagens definem a estrutura e o conteúdo de tipos específicos de mensagens EDI. Eles servem como modelos que descrevem o arranjo e a sequência dos elementos e segmentos de dados dentro de uma mensagem EDI. Por exemplo, um design de mensagem de Ordem de Compra (PO) especifica segmentos para informações de comprador e vendedor, detalhes do item, quantidades, preços e instruções de entrega.  
  4. Valores de Identificação: Os valores de identificação são identificadores exclusivos atribuídos a entidades dentro de uma mensagem EDI. Eles permitem referência precisa e identificação de informações relevantes. Por exemplo, os Números de Localização Global (GLNs) são usados ​​para identificar localizações físicas envolvidas em processos da cadeia de suprimentos exclusivamente.

 

Padrões de EDI específicos do setor 

Os padrões EDI específicos da indústria são desenvolvidos para atender às necessidades e complexidades exclusivas de diferentes setores. Eles fornecem uma estrutura padronizada para a troca de documentos e informações comerciais essenciais, garantindo consistência, integridade de dados e comunicação contínua entre parceiros comerciais. Vamos explorar como setores específicos utilizam os padrões EDI para otimizar suas operações: 

Assistência médica 

No setor de saúde, o v. HL7 garante a interoperabilidade entre os sistemas de saúde, permitindo uma comunicação perfeita entre hospitais, clínicas, laboratórios e outros provedores de saúde. Ao seguir protocolos padronizados, as organizações de saúde podem trocar informações de pacientes, registros médicos e resultados de laboratório de forma eficiente, melhorando o atendimento ao paciente. 

Distribuir

Os padrões EDI impactam significativamente o setor de varejo, pois otimizam o gerenciamento da cadeia de suprimentos e permitem a colaboração eficiente entre varejistas, fornecedores e distribuidores. Padrões como os subconjuntos EDIFACT e X12 são adaptados para transações específicas de varejo, incluindo ordens de compra, faturas e catálogos de produtos. Ao automatizar os processos e garantir a troca precisa de dados, os varejistas podem simplificar o gerenciamento de estoque, aprimorar o processo de atendimento de pedidos e melhorar a eficiência operacional geral. 

Automotivo

A indústria automotiva depende de padrões EDI específicos da indústria para agilizar cadeias de suprimentos complexas e garantir uma coordenação suave entre fabricantes, fornecedores e distribuidores. Padrões como Odette facilitam processos relacionados a cronogramas de produção, avisos de remessa e catalogação eletrônica. Aderindo a esses padrões, as organizações automotivas podem obter planejamento de produção eficiente, rastreamento preciso de remessas e gerenciamento de estoque eficaz. 

ANSI X12: a escolha preferida para empresas em todo o mundo 

As empresas em várias regiões e setores contam com diferentes padrões de EDI para atender às suas necessidades de comunicação exclusivas. No entanto, em meio a essa diversidade, cresce a demanda por uma solução universal que transcenda as fronteiras regionais. É aqui que o ANSI X12 surge como a força motriz por trás da comunicação empresarial perfeita. 

Inicialmente desenvolvido para atender às necessidades de diversos setores da indústria na América do Norte, o ANSI X12 evoluiu para a solução ideal para empresas em todo o mundo. Sua influência se estende além de seu escopo inicial, ganhando amplo reconhecimento como uma estrutura confiável e amplamente utilizada na comunidade empresarial global. Hoje, mais de 300,000 empresas em todo o mundo confiam nos padrões X12 EDI para facilitar suas operações diárias. Aqui estão alguns dos principais motivos que contribuem para sua ampla adoção: 

1. Estrutura robusta e padronizada  

O ANSI X12 fornece uma estrutura robusta e padronizada para intercâmbio eletrônico de dados, garantindo uma comunicação contínua entre parceiros comerciais internacionais. O reconhecimento e a aceitação globais tornam o ANSI X12 um padrão confiável e confiável em transações comerciais internacionais. 

2. Conjuntos de transações abrangentes  

O ANSI X12 oferece uma coleção abrangente de conjuntos de transações que atendem a vários setores e processos de negócios. De compras a logística, de finanças a gerenciamento de estoque, o ANSI X12 abrange uma ampla gama de áreas funcionais, tornando-o adaptável às diversas necessidades de negócios em diferentes setores. 

3. Extensa documentação e recursos de suporte 

O ANSI X12 é conhecido por sua extensa documentação, guias de implementação e recursos de suporte, que simplificam a implementação e o uso do padrão. Essa acessibilidade e disponibilidade de recursos tornam mais fácil para empresas em todo o mundo adotar e integrar o ANSI X12 em seus sistemas e processos existentes. 

4. Interoperabilidade e integração suave 

Ao adotar o ANSI X12, as empresas podem aproveitar os benefícios da interoperabilidade. A estrutura e os formatos bem definidos do padrão permitem uma integração perfeita com os sistemas e soluções de software existentes. Essa compatibilidade garante um fluxo de dados suave e comunicação entre diferentes departamentos, sistemas e parceiros comerciais, eliminando silos de dados e aprimorando a conectividade geral. 

5. Efeito de rede e adoção da indústria 

O uso generalizado do ANSI X12 por grandes corporações multinacionais e líderes do setor cria um efeito de rede, em que as empresas são motivadas a se alinhar com o padrão para se conectar com seus parceiros comerciais de forma transparente. Essa ampla adoção e preferência pelo ANSI X12 o estabelece como um padrão global de fato para EDI, reforçando sua posição como a escolha preferida de empresas em todo o mundo. 

x12edi

Benefícios dos Padrões EDI 

A implementação dos padrões Electronic Data Interchange (EDI) revoluciona a forma como as empresas trocam informações, oferecendo inúmeros benefícios que agilizam as operações e aprimoram a conectividade. Agora, vamos nos aprofundar nos principais benefícios dos padrões EDI: 

1) Operações simplificadas e economia de custos 

Os padrões EDI eliminam processos manuais e reduzem a dependência de documentação em papel. Ao automatizar a entrada, validação e transmissão de dados, as organizações podem otimizar suas operações e reduzir custos administrativos. Processamento de pedidos mais rápido, ciclos de transação mais curtos e maior eficiência levam a economias de custos significativas, maior produtividade e clientes mais satisfeitos. 

2) Maior precisão e confiabilidade de dados 

Os padrões EDI melhoram significativamente a precisão e a confiabilidade da troca de dados. Com dados estruturados e validados transmitidos eletronicamente, o risco de erros como erros de digitação ou omissões é essencialmente eliminado. Formatos padronizados e processos de validação automatizados garantem uma interpretação de dados consistente, permitindo que as organizações tomem decisões informadas com base em informações confiáveis. 

3) Maior conectividade e colaboração empresarial: 

Os padrões EDI facilitam a integração e a conectividade perfeitas com parceiros comerciais, aprimorando a colaboração em toda a cadeia de suprimentos. Ao aderir aos padrões EDI comuns, as organizações trocam informações sem esforço, como ordens de compra, faturas e avisos de remessa. Isso otimiza o gerenciamento da cadeia de suprimentos, melhora a visibilidade e promove relacionamentos mais fortes com as partes interessadas, impulsionando a eficiência operacional e agilizando a tomada de decisões. 

Benefícios dos Padrões EDI

Considerações Finais 

A adoção dos padrões EDI não é apenas uma prática recomendada, mas uma vantagem estratégica que impulsiona as organizações a um cenário digital dinâmico e interconectado. Ao estabelecer uma linguagem comum para troca de dados, o EDI permite a interoperabilidade entre diversos sistemas, independentemente das tecnologias subjacentes ou plataformas de software. Essa harmonização de formatos e protocolos de dados promove uma melhor coordenação, otimiza os processos de negócios e permite que as empresas aloquem recursos com mais eficiência. 

Astera EDIConnect é a solução definitiva para uma perfeita integração EDI. Com seu suporte abrangente para os principais padrões EDI, incluindo ANSI X12, HIPAA e EDIFACT, EDIConnect permite que as empresas atendam aos requisitos de todos os seus parceiros comerciais sem esforço.  

A solução permite a troca segura e eficiente de Arquivos EDI, FTP e protocolos de e-mail, facilitando a transmissão de dados suave e confiável. Ao aproveitar Astera EDIConnect, as organizações podem aprimorar a colaboração, simplificar seus processos de troca de dados e alcançar uma eficiência operacional notável. 

Agende uma demonstração personalizada hoje para testemunhar como Astera EDIConnect integra-se sem esforço com vários padrões EDI para transações comerciais suaves e eficientes. 

Você pode gostar
Uma seguradora global de propriedades e acidentes
Astera x Empresa Contábil e Fiscal
Automatize a extração de dados de formulários fiscais em 5 etapas fáceis
Considerando Astera Para suas necessidades de gerenciamento de dados?

Estabeleça conectividade sem código com seus aplicativos corporativos, bancos de dados e aplicativos em nuvem para integrar todos os seus dados.

Vamos nos conectar agora!
vamos conectar