Próximo webinar

Junte-se a nós para um Webinar GRATUITO em Processamento automatizado de arquivos EDI de saúde com Astera

27 de junho de 2024 – 11h PT/1h CT/2h ET

Blogs

Home / Blogs / O futuro do EDI: inovações e tendências a serem monitoradas

Tabela de conteúdo
O Automatizado, Nenhum código Pilha de dados

Saiba como Astera O Data Stack pode simplificar e agilizar o gerenciamento de dados da sua empresa.

O futuro do EDI: inovações e tendências a serem rastreadas

Agosto 28th, 2023

Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI) tem sido a base das operações comerciais modernas, permitindo que as organizações troquem documentos e dados comerciais em um formato eletrônico padronizado.

Nos últimos anos, a evolução do EDI foi impulsionada pelo advento de tecnologias avançadas, como inteligência artificial, computação em nuvem e blockchain, bem como pelas mudanças nos requisitos de negócios, incluindo acesso a dados em tempo real, maior segurança e maior eficiência operacional.

Esta transformação reflecte-se no crescimento previsto do mercado global de software EDI, que deverá crescer de $ 1.98 bilhões em 2023 para $ 4.52 bilhões por 2030, marcando uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 12.5%.   

À medida que navegamos em 2023 e nos próximos anos, podemos antecipar várias tendências e inovações significativas em EDI. Aqui está uma olhada no que o futuro do EDI pode trazer. 

Tendências futuras em EDI

Maior adoção de EDI por pequenas empresas 

O futuro do EDI está a ser moldado principalmente pela sua crescente prevalência entre as pequenas empresas. Antes considerada um luxo acessível apenas às grandes corporações, a tecnologia EDI tornou-se mais acessível e económica, tornando-se uma proposta atractiva para organizações mais pequenas. O cenário competitivo da maioria das indústrias exige que mesmo as pequenas empresas se envolvam em Transações B2B que exigem a troca eficiente de grandes volumes de dados, tarefa perfeitamente adequada ao EDI. 

Por exemplo, um pequeno varejista pode precisar trocar faturas, pedidos de compra e avisos de remessa com vários fornecedores. Ao adotar o EDI, as pequenas empresas podem automatizar essas trocas e reduzir erros manuais para agilizar seus processos, economizando tempo e recursos.  

Além disso, dado que as pequenas empresas se esforçam para crescer em escala, os sistemas EDI são perfeitamente adaptáveis ​​a esses desafios, fornecendo a escalabilidade necessária que permite às empresas lidar com volumes crescentes de troca de dados sem comprometer a eficiência. 

Machine Learning e Inteligência Artificial em EDI 

A interseção de aprendizado de máquina e inteligência artificial (IA) com EDI é outra tendência que pode impactar significativamente o futuro do EDI. Essas tecnologias oferecem o potencial de automatizar, otimizar e até mesmo revolucionar a maneira como as empresas lidam com o EDI. 

O aprendizado de máquina e a IA podem ajudar a automatizar tarefas de entrada e mapeamento de dados em processos EDI. Por exemplo, os algoritmos de aprendizado de máquina podem ser treinados para entender diferentes formatos de dados e mapeá-los automaticamente para o padrão EDI apropriado. Isso pode eliminar o processo de mapeamento manual demorado e sujeito a erros, aumentando a eficiência e a precisão das trocas de dados. 

A análise preditiva, um subcampo da IA, também está entrando no cenário EDI. Ao analisar dados de transações EDI anteriores, os modelos preditivos podem prever tendências e comportamentos futuros, ajudando as empresas a planejar suas operações com mais eficiência. Por exemplo, ao analisar dados históricos de pedidos, as empresas podem prever tendências futuras de demanda, permitindo um melhor gerenciamento e planejamento de estoque. 

Tecnologia Blockchain em EDI 

Blockchain, mais conhecido como a tecnologia que sustenta as criptomoedas, tem profundas implicações para o futuro do EDI devido à sua segurança e confiabilidade incomparáveis. 

Em sua essência, o blockchain é um livro-razão descentralizado e imutável, o que significa que não pode ser alterado ou excluído depois que os dados são adicionados. Blockchain é particularmente benéfico para EDI, pois pode garantir a integridade e autenticidade dos dados trocados. 

Por exemplo, considere uma transação EDI no indústria da cadeia de suprimentos. Todos os dados de transações podem ser armazenados no blockchain, desde pedidos de compra até avisos de remessa e faturas. Qualquer disputa sobre uma transação poderia ser facilmente resolvida recorrendo a este registo imutável, garantindo uma única fonte de verdade e minimizando o potencial de disputas. 

Além disso, a natureza descentralizada do blockchain pode abrir a porta para transações EDI ponto a ponto, eliminando a necessidade de uma autoridade central ou VAN (rede de valor agregado). Isso pode levar a uma maior eficiência e redução de custos. 

Integração da Internet das Coisas (IoT) no EDI 

A Internet das Coisas (IoT) é outra tendência definida para moldar significativamente o futuro das tendências de EDI. À medida que mais dispositivos se tornam “inteligentes” e habilitados para internet, as empresas estão encontrando novas maneiras de aproveitar essa conectividade para melhorar seus processos de EDI. 

Os dispositivos IoT podem coletar dados vastos em tempo real, fornecendo às empresas acesso instantâneo a informações valiosas. Quando esta capacidade é combinada com EDI, abre oportunidades para trocas de dados mais eficientes e automatizadas. 

Por exemplo, em um depósito, os sensores de IoT podem monitorar os níveis de estoque em tempo real e enviar automaticamente notificações de novos pedidos via EDI quando os estoques caírem abaixo de um determinado nível. Isso simplificaria o processo de gerenciamento de estoque, reduziria a probabilidade de falta de estoque e permitiria operações mais eficientes. 

Da mesma forma, os dispositivos IoT habilitados para GPS podem fornecer dados de rastreamento em tempo real para remessas no setor de logística. Esses dados podem ser compartilhados automaticamente com as partes relevantes por meio de EDI, fornecendo atualizações oportunas e aumentando a visibilidade na cadeia de suprimentos. 

Crescimento de soluções de EDI baseadas em nuvem 

As soluções de EDI baseadas em nuvem, devido à sua escalabilidade, acessibilidade e economia, estão se tornando cada vez mais populares. 

As soluções de EDI baseadas em nuvem oferecem às empresas a flexibilidade de dimensionar suas operações de EDI conforme necessário. Por exemplo, um negócio de comércio eletrônico em rápido crescimento poderia facilmente aumentar seus recursos de EDI para gerenciar um aumento súbito no volume de pedidos durante as épocas de pico de compras. 

Além disso, os serviços EDI baseados em nuvem garantem a acessibilidade dos dados de qualquer lugar, um recurso que se tornou especialmente importante com o surgimento do trabalho remoto. Os funcionários podem acessar, monitorar e gerenciar transações EDI independentemente de sua localização, melhorando a continuidade operacional. 

A relação custo-eficácia é outra vantagem importante. A infraestrutura de EDI local tradicional pode ser cara para configurar e manter. Por outro lado, os serviços de EDI baseados em nuvem geralmente operam em um modelo de assinatura, reduzindo os custos iniciais e tornando o EDI mais acessível para pequenas e médias empresas. 

Por exemplo, um pequeno fabricante pode não ter recursos financeiros ou técnicos para configurar um sistema EDI local em grande escala. Ao optar por um serviço EDI baseado em nuvem, eles podem aproveitar os benefícios do EDI sem um investimento inicial substancial, permitindo-lhes competir em igualdade de condições com concorrentes maiores. 

Segurança aprimorada em EDI 

Como as empresas dependem cada vez mais do intercâmbio eletrônico de dados para operações críticas de negócios, garantir a segurança dessas transações tornou-se uma prioridade. Recursos e protocolos de segurança aprimorados são, portanto, uma tendência importante que molda o futuro do EDI. 

As ameaças cibernéticas estão evoluindo em sofisticação. Como parte crucial da infraestrutura de TI das empresas, os sistemas EDI não são imunes a esses riscos. Proteger a integridade e a confidencialidade dos dados EDI é de suma importância. Como resultado, as soluções EDI estão incorporando recursos avançados de segurança, como criptografia, autenticação de dois fatores, sistemas de detecção de intrusão e muito mais. 

Além disso, com as regulamentações de proteção de dados cada vez mais rigorosas em todo o mundo, as empresas estão sob maior pressão para garantir a sua segurança. transações EDI cumprir essas leis. Os provedores de EDI estão, portanto, priorizando recursos que auxiliam na conformidade regulatória. 

Por exemplo, em um ambiente de saúde onde o EDI é usado para transmitir dados do paciente, o sistema precisaria estar em conformidade com os regulamentos como HIPAA nos EUA Recursos de segurança aprimorados em sistemas EDI, como controles de acesso robustos e logs de auditoria, podem ajudar os profissionais de saúde garantir a conformidade enquanto protege as informações confidenciais do paciente.  

EDI integrado à API 

O aumento do uso de Interfaces de programação de aplicativos (APIs) no EDI é uma tendência que poderá alterar fundamentalmente o futuro do EDI. As APIs permitem a interação programática em tempo real entre diferentes sistemas de software, fornecendo um meio de integrar documentos EDI perfeitamente em aplicativos de negócios existentes. 

O EDI integrado à API pode facilitar a troca de dados em tempo real, aumentando a velocidade e a eficiência das transações comerciais. Em vez de transações EDI de processamento em lote em intervalos predeterminados, as empresas podem aproveitar APIs para processar transações imediatamente à medida que ocorrem.  

Por exemplo, uma plataforma de comércio eletrónico poderia utilizar APIs para integrar o EDI diretamente no seu sistema de gestão de encomendas. Quando um cliente faz um pedido, uma mensagem EDI pode ser gerada e enviada ao fornecedor relevante em tempo real, permitindo processamento e entrega mais rápidos do pedido. 

O EDI integrado à API também pode facilitar para as empresas a incorporação do EDI em sua infraestrutura de TI. Ao usar APIs, as empresas podem aproveitar os recursos de EDI sem substituir ou modificar fortemente seus sistemas de software existentes.

No entanto, essa eficiência aprimorada não vem sem seus desafios. Como as APIs fornecem acesso programático direto aos dados, elas podem aumentar potencialmente a vulnerabilidade de informações comerciais confidenciais. Portanto, na era do EDI integrado à API, as empresas devem priorizar medidas de segurança robustas, incluindo protocolos de comunicação seguros, criptografia forte, acesso controlado à API e auditorias e monitoramento de segurança de rotina. 

Conclusão 

Conforme exploramos, o futuro do EDI está repleto de tendências e inovações promissoras que estão remodelando a forma como as empresas lidam com o intercâmbio eletrônico de dados. Desde pequenas empresas que aproveitam cada vez mais a eficiência do EDI até grandes avanços tecnológicos, como IA, blockchain e IoT, o cenário está evoluindo rapidamente. 

Soluções EDI baseadas em nuvem e medidas de segurança aprimoradas estão se tornando cada vez mais cruciais, garantindo escalabilidade, acessibilidade e proteção de dados comerciais cruciais. Além disso, a integração de APIs ao EDI simplifica a troca de dados e facilita as transações em tempo real, abrindo caminho para uma nova era de EDI. 

Considerando essas tendências emergentes, é crucial escolher uma solução EDI pronta para o futuro. Astera EDIConnect foi projetado para simplificar seu processo de EDI, garantindo integração perfeita e segurança de dados robusta.

Você pode gostar
Ciência de dados versus análise de dados: principais diferenças
Uma seguradora global de propriedades e acidentes
O futuro do EDI: inovações e tendências a serem rastreadas
Considerando Astera Para suas necessidades de gerenciamento de dados?

Estabeleça conectividade sem código com seus aplicativos corporativos, bancos de dados e aplicativos em nuvem para integrar todos os seus dados.

Vamos nos conectar agora!
vamos conectar