Blogs

Home / Blogs / Software de gerenciamento de banco de dados: recursos, tipos, benefícios e usos

Tabela de conteúdo
O Automatizado, Nenhum código Pilha de dados

Saiba como Astera O Data Stack pode simplificar e agilizar o gerenciamento de dados da sua empresa.

Software de gerenciamento de banco de dados: recursos, tipos, benefícios e usos

14 de maio de 2024

As empresas compartilham continuamente grandes quantidades de dados, dificultando o gerenciamento de seus dados.

Uma solução possível para o gerenciamento de dados é o software de gerenciamento de banco de dados (DMS), que permite às organizações melhorar a acessibilidade dos dados e simplificar o processo de gerenciamento.

Neste blog, vamos nos aprofundar em como o DBMS funciona e esclarecer os benefícios que ele traz para a mesa.

Neste artigo, você descobrirá o seguinte:

  • O que é software de banco de dados?
  • Principais recursos do software de gerenciamento de banco de dados
  • Tipos de software de gerenciamento de banco de dados
  • Vantagens do software de gerenciamento de banco de dados
  • Aplicativos de software de gerenciamento de banco de dados
  • Astera Centerprise- Software de gerenciamento de banco de dados para suas necessidades de negócios

Para que serve o software de gerenciamento de banco de dados (DBMS)? 

Os administradores de banco de dados usam o software de gerenciamento de banco de dados, ou DBMS, para armazenar, alterar e gerenciar dados em um ambiente de banco de dados. Ele permite que os usuários criem armazenamento de dados personalizado para atender às suas necessidades de análise e geração de relatórios. O projeto de software de banco de dados também oferece suporte à criação, implementação e manutenção de um sistema de gerenciamento de dados em toda a organização.

Geralmente, a maioria dos pacotes DBMS permite que os usuários criem bancos de dados, armazenem dados e atualizem dados por meio de consultas SQL.

Com o passar dos anos, novos sistemas de gerenciamento de banco de dados chegaram com diferentes arquiteturas e aplicações. Esses aplicativos se concentram em atender aos requisitos modernos, fornecendo suporte para modelagem de dados, integração de dados, dados multimídia, aprendizado de máquina, etc.

Um exemplo de uma ferramenta típica de gerenciamento de banco de dados é o MySQL, um serviço de banco de dados gerenciado para implantar aplicativos nativos da nuvem. Outras opções incluem Microsoft SQL Server, SAP HANA, Oracle e Microsoft Access.

Principais recursos de um DBMS

Uma ferramenta de sistema de gerenciamento de banco de dados eficiente deve incluir os seguintes recursos:

Normalização de Dados

O risco de duplicação de dados em um banco de dados é relativamente alto, pois vários usuários os compartilham simultaneamente. A normalização de dados atenua esse risco e minimiza a chance de aparecimento de anomalias destrutivas. Sem redundância e repetição de dados, economiza armazenamento e melhora significativamente o tempo de acesso.

Regras e restrições definidas pelos usuários

As restrições de integridade referencial ajudam as organizações a evitar danos acidentais ao banco de dados por usuários autorizados. O software de gerenciamento de banco de dados permite que os usuários definam regras e condições de validação e integridade para garantir que os dados satisfaçam a semântica.

Protocolos de segurança

Os controles de segurança protegem a integridade de um banco de dados e os dados e registros nele contidos. Alguns controles essenciais de segurança do DBMS incluem criptografia de dados, autenticação de usuário e autorização de usuário.

Backup de dados

Um backup protege seu banco de dados contra perda de dados. Uma cópia dos arquivos armazenados em um banco de dados deve estar disponível para reconstruir os dados caso os dados sejam perdidos ou corrompidos. A maioria dos DBMSs suporta backup de dados lógicos e físicos.

Estruturação de dados

Um SGBD deve permitir que os usuários organizem as informações em um banco de dados em uma estrutura hierárquica clara. Isso significa que todos os objetos, registros e tabelas podem ser organizados corretamente, como um catálogo, para acessar e recuperar os registros facilmente.

Além disso, você também deve procurar vários recursos e funcionalidades, dependendo do seu caso de uso. Por exemplo, um DBMS deve oferecer opções fáceis de personalização de banco de dados, suportar acesso de vários usuários e conter uma biblioteca de metadados.

Quantos tipos de software de gerenciamento de banco de dados existem?

O DBMS pode ser classificado em cinco tipos. Esses tipos, com exemplos, incluem:

1- SGBD Hierárquico

Um hierárquico solução de gerenciamento de dados armazena dados em um nó de relacionamento pai-filho, cada um representando uma entidade específica. Este tipo de software de gerenciamento de banco de dados permite relacionamentos um para um e um para muitos. Por exemplo, um nó pai pode ter um ou vários nós filhos. Considerando que o nó filho pode ter apenas um nó pai.

Modelo de gerenciamento de banco de dados hierárquico

Modelo de banco de dados hierárquico (fonte: DBMS Internals)

2- Rede DBMS

Um modelo de DBMS de rede oferece suporte a relacionamentos muitos-para-muitos, o que ajuda a armazenar relacionamentos reais entre entidades. É uma extensão da solução de gerenciamento de dados hierárquicos que permite aos modeladores projetar com mais flexibilidade. Nesse modelo de DBMS, os nós filhos são representados por setas.

modelo de banco de dados de rede

Um modelo de banco de dados de rede (fonte: The Intact One)

3- SGBD Relacional

Um SGBD relacional é um modelo onde os relacionamentos são baseados nos dados das entidades. Oferece maior flexibilidade em relação aos modelos hierárquicos e de rede. Ele também permite relacionamentos mais simplificados entre entidades, tornando-o uma escolha popular entre os modeladores de dados. Os dados armazenados em estruturas fixas podem ser organizados de forma eficiente usando SQL.

modelo de banco de dados relacional

Figura 3. Exemplo de um modelo de banco de dados relacional (fonte: ResearchGate)

4- SGBD Orientado a Objetos

Um DBMS orientado a objetos — como o nome sugere — é baseado em programação orientada a objetos (OOP). É uma solução de gerenciamento de dados onde as entidades são representadas em objetos e armazenadas em um banco de dados de memória.

Ele fornece um ambiente de programação unificado e é compatível com várias linguagens de programação. Essas linguagens incluem Java, C++, .Net e Visual Basic, para citar algumas.

software de gerenciamento de banco de dados

Um exemplo de um modelo de banco de dados orientado a objetos (Fonte: Glossário de Integração de Dados)

5- SGBD Distribuído

Um sistema de gerenciamento de banco de dados distribuído (DDBMS) é um tipo de sistema de gerenciamento de banco de dados que permite o armazenamento e gerenciamento de dados em vários computadores ou nós em uma rede. Em um sistema de banco de dados distribuído, os dados são divididos e armazenados em vários locais físicos ou lógicos, e o gerenciamento do banco de dados é descentralizado.

sistema de gerenciamento de banco de dados distribuído

Fonte: Phoenixnap See More

Vantagens de um software de gerenciamento de banco de dados

Nós nos familiarizamos com a definição de sistema de gerenciamento de banco de dados dbms e os tipos de software DBM. Agora, veja as funções e benefícios do sistema de gerenciamento de banco de dados:

Melhor compartilhamento de dados

A implementação de um DBMS permite que usuários locais e remotos compartilhem rapidamente os dados seguindo os protocolos de autorização corretos. Ele ajuda a melhorar a acessibilidade dos dados, permitindo que os usuários compartilhem dados organizacionais de forma rápida e eficiente.

Os processos de dados aprimorados fornecem uma solução inteligente para consultas de banco de dados, mesmo ad-hoc e improvisadas. Isso resulta em acesso a dados precisos e rápidos que facilitam decisões mais informadas e oportunas.

Melhor segurança

A segurança dos dados é um aspecto vital de um banco de dados. Portanto, uma solução de gerenciamento de dados permite apenas que usuários autorizados acessem o banco de dados. A autenticação é gerenciada usando um nome de usuário e senha. Os controles de acesso impedem que usuários não autorizados acessem recursos em um banco de dados, o que pode potencialmente violar as restrições de integridade.

Integração efetiva de dados

Um SGBD fornece uma imagem integrada — uma visão geral, por assim dizer — das operações e processos de uma organização. Os dados unificados permitem que as empresas avaliem os controles e o desempenho de forma eficaz e rápida.

Tomada de decisão informada

As decisões baseadas em dados podem dar às empresas uma vantagem competitiva, mas os dados só são valiosos quando são confiáveis. Usando um DBMS, as organizações podem garantir a precisão e a qualidade dos dados para análises e decisões.

Aumento da eficiência e produtividade

A implantação de um DBMS ajuda a aumentar a acessibilidade dos dados e simplificar as informações. Ele aumenta a produtividade do usuário final e melhora a eficiência e a velocidade de uma organização.

Integração de Dados

Em vez de armazenar dados em sistemas de banco de dados isolados, uma única interface pode gerenciar bancos de dados com relacionamentos físicos e lógicos.

Aplicativos de software de gerenciamento de banco de dados

A seguir estão algumas das aplicações do software de banco de dados em diferentes indústrias:

  • Bancos: Os bancos usam o DBMS para armazenar informações do cliente, atividades da conta, desembolsos, créditos e hipotecas
  • Companhias Aéreas: as companhias aéreas armazenam reservas de voos e informações de agendamento em bancos de dados.
  • Educação: Instituições educacionais armazenam informações de alunos, registros de cursos e resultados em sistemas de banco de dados.
  • Telecomunicação: as empresas de telecomunicações usam bancos de dados para armazenar arquivos de chamadas, contas mensais, retenção de saldos e outras informações relacionadas a chamadas.
  • Economia e Finanças: O DBMS armazena dados sobre títulos, transações e aquisições de instrumentos fiscais, como ações e ações.
  • Vendas e Marketing: As informações de prospects e clientes são armazenadas e acessadas por meio de bancos de dados.
  • Recursos humanos: Registros sobre trabalhadores, salários, folha de pagamento, deduções, geração de salários e mais informações são mantidos em sistemas de banco de dados.

Software de banco de dados coleta programas que permitem aos usuários armazenar, reformar e extrair dados de um banco de dados. Existem vários sistemas de gerenciamento de banco de dados (discutimos os quatro mais populares neste blog). Os termos hierárquico, relacional, orientado a objetos e rede denotam como um software de gerenciamento de banco de dados organiza os dados internamente.

Pode ser um desafio para empresas orientadas a dados para operar DBMS requer experiência interna. Além disso, o custo, tamanho e desempenho de um DBMS variam, e as organizações devem avaliar os casos de uso de acordo.

Simplifique o gerenciamento de dados com Astera

A software de integração de dados pode recuperar dados armazenados nesses bancos de dados e integrá-los a outros sistemas. Para descobrir como Astera Centerprise realiza essa integração, dê uma 14-day free trial do software ou observe o demonstração do produto.

Uma plataforma unificada para toda a sua jornada de dados
Novo call-to-action
Você pode gostar
Governança de dados na indústria de seguros
Governança de dados na indústria educacional
Governança de dados no setor de saúde
Considerando Astera Para suas necessidades de gerenciamento de dados?

Estabeleça conectividade sem código com seus aplicativos corporativos, bancos de dados e aplicativos em nuvem para integrar todos os seus dados.

Vamos nos conectar agora!
vamos conectar